O nosso website utiliza cookies para lhe identificar e aprimorar a sua experiência de navegação.
Alguns cookies são necessários, outros são utilitários, analíticos ou de marketing. Ao continuar navegando, você concorda com os termos da nossa Política de Cookies.

Retinol: o que é, para que serve e 4 dicas de como usar

30/03/2021 o que é retinol e para que serve

O que é e para que serve o retinol? Essa é uma substância derivada da vitamina A capaz de estimular a produção de colágeno e elastina, que são proteínas responsáveis pela resistência e elasticidade da pele. Portanto, o retinol pode ser um grande aliado da rotina de skincare, proporcionando um tratamento anti-idade potente.

Por conta disso, é um composto encontrado em diversos dermocosméticos que trazem benefícios como redução de rugas e linhas de expressão.

E como é sempre bom ter conhecimento das substâncias presentes nos produtos que você utiliza, nós iremos explicar nesse artigo o que é e para que serve o retinol. Além disso, também listamos quatro dicas de como usá-lo em sua rotina de skincare:

  • Escolha o produto adequado para a sua pele
  • Controle a quantidade usada
  • Defina períodos para usar
  • Lembre-se de passar protetor solar

Continue acompanhando para entender o que é retinol, para que ele serve e muito mais. Boa leitura!

O que é retinol e para que serve?

O retinol pertence à família dos retinóides, que são as substâncias encontradas na forma animal da vitamina A. Quando o organismo absorve essa vitamina, ela é transformada em ácido retinóico. Essa é a forma ativa dela, que é capaz de trazer benefícios para a saúde da pele.

Por isso, o retinol é conhecido principalmente por sua capacidade de contribuir com a saúde da pele e por seus efeitos anti-idade. Isso acontece porque a pele é um órgão que consegue absorver com facilidade os retinóides por aplicação tópica.

Diante disso, o retinol é capaz de passar pela epiderme, que é a área mais superficial da pele, e acessar a derme, que é uma parte mais profunda. Lá, ele consegue neutralizar os radicais livres e estimular a produção de colágeno e elastina, que são proteínas responsáveis pela resistência e elasticidade da pele.

Inclusive, uma pesquisa realizada pela Keimyung University, da Coreia do Sul, comprovou que o retinol estimula a produção de colágeno por meio do uso tópico, reduzindo rugas.

Mas é a versatilidade dessa substância que faz ela ser tão famosa como tratamento anti-idade. Isso porque, além da ação mais profunda, o retinol também ajuda na esfoliação e renovação celular dos queratinócitos, que são as células mais superficiais da pele.

Outro estudo, publicado em 2015 no Journal of Cosmetic Dermatology,concluiu que a aplicação tópica do retinol afetou significativamente as propriedades celulares e moleculares da pele, promovendo grandes efeitos anti-idade, como a redução de rugas.

Quais são os benefícios do retinol?

Por conta das diversas ações que o retinol proporciona, ele pode trazer vários benefícios, como os seguintes:

  • Redução de rugas
  • Tratamento de acnes
  • Hidratação e esfoliação da pele
  • Tratamento de diversos tipos de hiperpigmentação, como as manchas
  • Melhora da resistência e da elasticidade da pele
  • Melhora do envelhecimento e dos danos causados pela exposição às radiações solares

Em 2015, o Journal of Drugs in Dermatology publicou uma investigação feita com 62 pessoas que mostrou que o uso do retinol, por um ano, ajudou na melhora dos pés de galinha em 44% dos indivíduos e na melhora da hiperpigmentação, que pode causar manchas, em 84%. Além disso, também indicou que ele pode melhorar o envelhecimento e os danos causados pelas radiações solares.

4 dicas de como usar o retinol em sua rotina de skincare

O retinol pode ser um grande aliado na rotina de skincare para alcançar resultados de rejuvenescimento. Entretanto, é preciso tomar alguns cuidados para que a sua utilização proporcione apenas benefícios. Então, confira a seguir quatro dicas:

1. Escolha o produto adequado para a sua pele

Na prática, o retinol é apenas uma das substâncias da família dos retinóides. Por isso, é possível encontrar dermocosméticos que sejam formulados com outros compostos desta família. Confira a seguir, organizados de acordo com a força da sua ação ativa (do mais fraco para o mais forte), os elementos que podem ser encontrados em fórmulas:

  • Palmitato de retinol
  • Retinol
  • Retinaldeído
  • Adapaleno

O palmitato de retinol é indicado para peles sensíveis e secas, o retinol e o retinaldeído para peles normais e o adapaleno para pele oleosas e acneicas. Contudo, o mais recomendado é consultar um dermatologista. Um profissional saberá indicar com precisão qual é a melhor substância para a sua pele.

Como dissemos, cada composto possui um princípio ativo de força diferente. Sendo assim, os mais fortes podem causar irritações em algumas pessoas. Por isso, o retinol é o mais conhecido e presente nas fórmulas, pois a sua ação é efetiva para trazer bons resultados com uma menor probabilidade de causar irritações e ressecamentos.

2. Controle a quantidade usada

No início do uso, o indicado é aplicar produtos com retinol na pele apenas uma vez por semana e, com o tempo, aumentar a frequência. Lembre-se também de sempre passar uma quantidade do tamanho de uma ervilha. Esses cuidados são necessários para evitar possíveis irritações e ressecamentos.

E, mais uma vez, destacamos a importância de consultar um médico especialista, pois ele saberá mostrar as melhores instruções de aplicação para a sua pele.

3. Defina períodos para usar

Estabeleça os dias em que você utilizará o produto com retinol e, nesses dias, evite passar outros dermocosméticos que tenham efeitos anti-idade. A associação de diversos compostos com o retinol pode resultar em queimaduras e irritação.

Portanto, siga este cuidado para se prevenir contra esses riscos. E lembre-se de sempre consultar um dermatologista, porque ele saberá indicar qual é o uso ideal para a sua pele.

4. Lembre-se de passar protetor solar

Apesar do retinol ser uma substância que ajuda a melhorar os danos causados pelas radiações solares, ele pode deixar sua pele mais sensível ao sol quando acaba de ser aplicado.

Sendo assim, se você passar algum produto com essa substância e, logo em seguida, tiver que se expor ao sol, lembre-se de, antes, aplicar o protetor solar para garantir proteção à pele.

Na verdade, o protetor solar é necessário sempre que for preciso se expor às radiações solares. Então, é muito importante que esta etapa já seja uma parte da sua rotina de skincare.

Onde encontrar o retinol?

Por ser a forma a animal da vitamina A, o retinol pode ser encontrado em alimentos de origem animal, como:

  • bife de fígado;
  • salmão;
  • atum;
  • ovos;
  • leite e derivados.

Mas, apesar de que o consumo adequado de retinol possa ajudar a manter uma pele saudável, os efeitos anti-idade que mencionamos são só possíveis de alcançar com a aplicação de dermocosméticos que tenham essa substância em sua fórmula.

Diante disso, a nossa recomendação de uso é o sérum rejuvenescedor Reviline, que é feito à base de microesferas de retinol.

Além disso, ele também conta com ácido hialurônico, silício e linefill MS. A associação de todos esses ativos anti-idade resulta na redução de rugas e na melhora da elasticidade da pele.

Esse é um produto da Mantecorp Skincare, empresa que há mais de 40 anos desenvolve dermocosméticos e medicamentos inovadores, eficientes e seguros.

E aí, deu para entender o que é e para que serve o retinol? Deixe seu feedback nos comentários e dê uma olhada em nossos outros conteúdos!

Referências

Kim BH. Safety Evaluation and Anti-wrinkle Effects of Retinoids on Skin. Toxicol Res. 2010;26(1):61-66.

Kong R, Cui Y, Fisher GJ, et al. A comparative study of the effects of retinol and retinoic acid on histological, molecular, and clinical properties of human skin. J Cosmet Dermatol.

Randhawa M, Rossetti D, Leyden JJ, et al. One-year topical stabilized retinol treatment improves photodamaged skin in a double-blind, vehicle-controlled trial. J Drugs Dermatol. 2015;14(3):271-280.

Cherney, Kristeen. How Does Retinol Work on the Skin?. Healthline, 2020. Disponível em: <https://www.healthline.com/health/beauty-skin-care/how-does-retinol-work>. Acesso em: 12 jan. 2021.

Sharkey, Lauren. Yes, Retinol Is Safe — When Used Correctly. Here’s How to Get Started. Healthline, 2020. Disponível em: <https://www.healthline.com/health/beauty-skin-care/is-retinol-safe>. Acesso em: 12 jan. 2021.

Kubala, Jillian. Vitamin A: Benefits, Deficiency, Toxicity and More. Healthline, 2018. Disponível em: <https://www.healthline.com/nutrition/vitamin-a>. Acesso em: 12 jan. 2021.

Berry, Jennifer. Retinol creams: 10 options. Medical News Today, 2020. Disponível em: <https://www.medicalnewstoday.com/articles/best-retinol-cream>. Acesso em: 12 jan. 2021.

Villines, Zawn. List of the best vitamins for skin. Medical News Today, 2019. Disponível em: <https://www.medicalnewstoday.com/articles/324943>. Acesso em: 12 jan. 2021.

Ware, Megan. Everything you need to know about vitamin A. Medical News Today, 2020. Disponível em: <https://www.medicalnewstoday.com/articles/219486>. Acesso em: 12 jan. 2021.

Ajiboye, Tolu. What Is Retinol?. Verywell Health, 2020. Disponível em: <https://www.verywellhealth.com/what-is-retinol-5076293>. Acesso em: 12 jan. 2021.

posts relacionados

Rejuvenescimento

Aqui você encontra diversas opções de produtos que ajudam a melhorar os sinais e revigorar sua pele. Confira.

Rejuvenescimento Mantecorp Skincare